Ubaíra: ‘Luz Para Todos’ atingirá 100% do município até o final deste ano

“A peregrinação acabou, finalmente chegou ao fim” estas são as palavras do professor Eliomar do município de Ubaíra ao comemorar na sede do programa ‘Luz Para Todos’ em Salvador esta extraordinária conquista para o município de Ubaíra.   No ano de 2017 quase 100 municípios baianos foram contemplados com o programa de universalização do serviço … Leia Mais


Carreta carregada de farinha de trigo perde o controle em Ubaíra

Uma carreta com um carregamento de farinha de trigo, tombou por volta de 23h30min na BR-420, chegada do município de Ubaíra, no Vale do Jiquiriçá, nesta segunda-feira (12). Segundo informações, as vítimas estão presas nas ferragens, por volta de 23h50min uma mulher de identidade ainda desconhecida era socorrida pelo Samu, o estado de saúde é … Leia Mais


Ubaíra: racionamento de água é fruto da falta de políticas públicas no segmento.


Constantemente os moradores da sede do município de Ubaíra se deparam com a triste realidade de enfrentar o fantasma da ameaça de falta de água na sede do município, situação que vem ocorrendo nos últimos anos, para falar sobre esta triste realidade o Mídia Bahia ouviu o professor Eliomar.

PROFESSOR POR QUE TODOS OS ANOS A POPULAÇÃO DE UBAÍRA É SUPREENDIDA COM A AMEAÇA   DE FALTA DE ÁGUA PARA O CONSUMO HUMANO?

ELIOMAR: É fácil de explicar e difícil de ser compreendido. Não existe em nosso município política de gestão de recursos hídricos. Nosso município é um grande degradador de nosso próprio potencial hídrico. Temos muita água, mas, é agua sem gestão direcionada. Isso em uma perspectiva, mais ampla, já no caso específico do abastecimento da sede do município, o maior problema é a diminuição do volume de água do rio Mucuri que está bastante degradado, seus afluentes cansados de correr na tangente das políticas públicas de preservação pouco a pouco estão desaparecendo.

PROFESSOR, EXISTEM PROBLEMAS DE ÁGUA NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO?

ELIOMAR: Muito. Temos várias comunidades com gravíssimos problemas de abastecimento de água e o pior de tudo é que a situação vem se agravando de forma sistemática. Acredito que já há comunidades em nosso   município onde está sendo inviável a habitação de famílias, criação de animais e desenvolvimento da agricultura. Tem chovido pouco, nossos indicies pluviométricos já se assemelha ao clima de caatinga. Estou muito preocupado com a problemática da água em Ubaíra.

 

QUAL SERIA ENTÃO A SOLUÇÃO PARA O PROBLEMA, JÁ QUE PARA TER ÁGUA PRECISA DE CHUVA?

 

ELIOMAR: Precisamos de chuva, mas precisamos também usar nossos recursos hídricos de forma organizada, precisamos traçar políticas públicas estratégicas para não sermos pegados de surpresa.

QUAIS SERIAM ESTAS POLITICAS PÚBLICAS:

ELIOMAR: Inicialmente é preciso reconhecermos que o problema da água em Ubaíra deve ser incluído na ordem do dia. É preciso que nosso município passe a tratar esta situação com prioridade assim como tratamos os demais segmentos. Eu fiz diversas indicações ao prefeito para criar o departamento de gestão de recursos hídricos e agora aprovamos a lei de minha autoria que obriga o município a estabelecer políticas nesta perspectiva.

PROFESSOR, E COMO FUNCIONARIA ESTE DEPARTAMENTO?

 ELIOMAR: Em duas frentes. Primeiro um trabalho de reabilitação do rio Mucuri e seus afluentes para garantir boa vazão de água para nossa represa, bem como no rio de Riacho de Areia, para termos estrategicamente uma segunda opção de abastecimento. Em segunda frente, vejo indispensável fazermos um levantamento da situação de Água em cada comunidade de nosso município e a partir daí se estabelecer um planejamento a médio e longo prazo. O problema não é tão difícil, em muitas comunidades temos a água, mas falta represar, falta um bom sistema de distribuição, falta tanques. Precisamos também avançar na perfuração de poços artesianos e na outorga razoável do uso de água para fins diversos do consumo humano. Eu sei fazer, mas, no momento apenas posso fazer a indicação e a lei. Fiz as duas coisas, fiz várias indicações e por fim fiz a lei completa e bem didática.

Em suas considerações finais o vereador enfatizou que aguarda a sanção pelo prefeito da lei que estabelece a política de gestão de recursos hídricos e da redução da taxa de esgoto cobrado pela embasa “estes últimos dias estou com toda atenção voltada a diminuição da taxa de esgoto, a Bahia está de olho em Ubaíra e Ubaíra está seguindo a Bahia, vamos vencer, vários municípios estão trilhando este caminho, estou muito confiante”. Finalizou o professor


Condutor de carreta perde o controle da direção na BR-420, trecho de Ubaíra


O condutor de uma carreta, modelo Scania, perdeu o controle da direção na manhã desta terça-feira (6), na BR-420, localidade de Lagoa das Flecha, trecho do município de Ubaíra, no Vale do Jiquiriçá.

Identificado por Joseff, o motorista foi socorrido pelo SAMU – Serviço Móvel de Urgência e encaminhado ao hospital local, o estado de saúde é estável.

Segundo informações passadas ao Mídia Bahia, ele se perdeu na curva por volta de 9h, não sendo possível evitar o acidente. Diversos curiosos acompanharam o resgate.


Homem morre vítima de linchamento no Alto da Lagoinha em Ubaíra

As circunstâncias do crime não foram divulgadas. Vítima tinha problemas mentais.


Um homem identificado por  Adalberto Cassemiro dos Santos, 38 anos, morreu vítima de linchamento na noite desta quarta-feira (28), na localidade do Alto da Lagoinha, município de Ubaíra, Vale do Jiquiriçá.

Em contato com o capitão Rodrigo Chaves, responsável pela 4ª Cia de Policia Militar em Mutuípe, a redação do Mídia Bahia foi informada que a guarnição foi acionada por populares por volta de meia-noite e constatando a veracidade dos fatos no local, o Departamento de Polícia Técnica foi contactado e fez a remoção do corpo.

Segundo informações, a vítima tinha problemas mentais e diversas pessoas participaram do linchamento.

O autor do crime ainda não foi identificado, o caso será investigado pela equipe da delegada Ivia Vidal.


Ubaíra: câmara derruba taxa de esgoto cobrada pela Embasa

Projeto vai a sanção do prefeito.


A câmara de Ubaíra em sessão realizada nesta segunda feira dia 26 de fevereiro de 2018 aprovou por unanimidade o projeto de lei de autoria do vereador Eliomar que reduz a taxa de esgoto cobrado pela embasa de 80% para 40% em relação ao consumo de água pela população de Ubaíra. Em contato com o vereador professor Eliomar, autor do projeto, o mesmo revelou ao Mídia Bahia que está muito feliz e que com certeza esse projeto vai beneficiar tanto a população, como também levará  a Embasa refletir sobre suas políticas de gestão dos serviços públicos não só em Ubaíra como também em outros municípios da Bahia.

O vereador disse ainda que o projeto é um desejo antigo de todos os seus colegas vereadores e que ele apenas escreveu o projeto que reflete a vontade da casa de leis de Ubaíra “a votação foi unanime, este projeto estava em nossa cabeça, todos votaram a favor, agora é só esparramos o prefeito sancionar e a taxa será automaticamente reduzida, se a embasa não cumprir de imediato, então iremos ao ato, impetrar um mandado de segurança para que esta lei seja cumprida” salienta o professor Eliomar.

“Atualmente a embasa vem atuando de forma bastante agressiva ao meio ambiente com ataques frequentes ao Rio Jiquiriçá, ademais a taxa que é cobrada da população é totalmente ilegal e arbitrária uma vez que a empresa não dar o tratamento correto ao esgoto, é tudo ou nada, vamos enfrentar a Embasa, precisamos dar respostas ao povo de forma satisfatória” replica o vereador.

O projeto de lei aprovado será enviado ao prefeito para sanção, o mesmo tem o prazo de 15 dias para publicar e a embasa deve cumpri-la de imediato afirma o professor Eliomar.


Professores municipais de Elísio Medrado entram em greve em defesa da aprovação do plano de cargos e salários

Professores entram em greve por tempo indeterminado.


Professores de Elísio Medrado-Ba entram em greve por tempo indeterminado. A categoria reivindica um Plano de Cargos e Salários devidamente debatido, aprovado pelos docentes e em funcionamento.

Atualmente, os professores do município de Elísio Medrado estão sendo prejudicados pela morosidade no andamento dos processos referentes à vida funcional da categoria e aguardam ansiosamente essa aprovação, visto que a progressão do mesmo é sinônimo de estímulo ao docente.

Tal situação estapafúrdia tem trazido transtornos e prejuízos de toda ordem aos servidores, como por exemplo, a baixa remuneração, que de acordo com a pesquisa do G1, publicada em 22 de junho de 2017 por Ana Carolina Moreno, o município ocupa a 8ª pior posição do ranking de Menor valor pago por hora aula no Brasil. Além do mais, não conhecemos nenhum outro município da Bahia que não tenha garantido a aprovação do Plano de Cargos e Salários aos seus professores.

“Salientamos que para que haja a qualidade na educação é preciso que se respeite os(as) trabalhadores(as) com a devida correspondência nas ações de valorização profissional, e que lutaremos por NENHUM DIREITO A MENOS. Precisamos da valorização que merecemos: Formação, Remuneração, Carreira e Condições de Trabalho. Contamos com o apoio e a participação de todos.” Diz a nota enviada a imprensa.