Cruzeiro reclama de convocação e pede adiamento de Copa do Brasil

A proximidade de datas entre um dos amistosos da seleção brasileira e as semifinais da Copa do Brasil desagradou ao Cruzeiro. Em comunicado divulgado nesta sexta-feira (17), em seu site oficial, a diretoria do clube mineiro informou que pedirá junto à CBF e aos detentores de transmissão de TV o adiamento do jogo de ida contra … Leia Mais


Com novidades, Tite convoca seleção para amistosos; veja a lista

O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira (17) a lista de jogadores convocados para dois amistosos que a seleção brasileira vai disputar em setembro: contra Estados Unidos e El Salvador, nos dias 7 e 11, respectivamente, em território norte-americano. A convocação é a primeira após a Copa do Mundo da Rússia e a relação divulgada pelo … Leia Mais



Bahia perde para o palmeiras e dá adeus a Copa do Brasil

O Bahia se esforçou, teve boas chances, mas está eliminado da Copa do Brasil. Na noite desta quinta-feira (16), a equipe fez frente ao Palmeiras, mas perdeu por 1 a 0. O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Dudu, de cabeça.   Fora da competição nacional, o Tricolor mira as atenções para o … Leia Mais


Filho de Ronaldinho é aprovado para jogar na base do Cruzeiro

Filho de Ronaldinho Gaúcho, João Mendes fez testes para jogar na base do Cruzeiro e foi aprovado. O menino tem 13 anos e encantou a diretoria do clube celeste. A “peneira” aconteceu de maneira discreta, sem revelar que ele era filho do ex-craque do Grêmio, PSG, Barcelona, Milan, Flamengo, Atlético Mineiro e da Seleção Brasileira. … Leia Mais


Dona da Crefisa vai à Justiça contra diretoria do Palmeiras


O presidente Mauricio Galiotte, da SE Palmeiras, concede entrevista coletiva com a presidente da Crefisa, Leila Pereira (foto), para anunciar a renovação do contrato de patrocínio com o clube, após treinamento, na Academia de Futebol.

empresária Leila Pereira pede na Justiça uma indenização de R$ 300 mil de três vice-presidentes do Palmeiras: Genaro Marino, Victor Fruges e José Carlos Tomaselli.

Na ação, aberta na semana passada e à qual a reportagem teve acesso, a dona da Crefisa, patrocinadora do clube, diz que os dirigentes “passaram a promover ofensas e imputações difamatórias contra ela, acusaram de ‘coagir’ o Palmeiras com o ‘revólver do poder econômico’, bem como de promover chantagem”.

Leila se refere a uma nota de repúdio divulgada pelos três vices após entrevista da empresária ao blog do jornalista Eduardo Ohata, no UOL.

Na ocasião, a empresária disse que poderia não renovar o patrocínio da Crefisa com o clube caso fossem eleitas “pessoas que estão atacando violentamente o patrocinador”, sem mencionar nomes.

 

Os três vices, na sequência, divulgaram uma nota de repúdio, onde mencionaram os temas que Leila agora contesta na Justiça. Também disseram que o Palmeiras “é maior do que preferências individuais, amigos ou inimigos”.

Além de R$ 100 mil de cada vice por danos morais, Leila quer que seja retirada do ar a nota de repúdio nos sites noticiosos que a divulgaram.

Em uma decisão inicial, o juiz Miguel Ferrari Júnior pediu que os réus sejam citados e apresentem contestação.Genaro, Fruges e Tomaselli hoje estão distantes politicamente do presidente Mauricio Galiotte, que não fala publicamente sobre o tema.Primeiro vice-presidente do clube, Genaro Marino confirmou à reportagem que já sabe sobre a existência do processo movido por Leila.

“Me comunicaram já que é um processo sobre perdas e danos, preciso me inteirar sobre o que é”, disse Marino.

Atualmente, o Palmeiras possui quatro vice-presidentes. Apenas Jesse Ribeiro, segundo vice, segue próximo a Galiotte.

Procurado, o presidente do time alviverde disse que não se pronunciará sobre a briga da patrocinadora com a alta cúpula da diretoria palmeirense.

A reportagem também tentou contato com Fruges e Tomaselli, mas não conseguiu até a publicação.

Conselheira mais votada da história do clube, Leila vem tendo diversas brigas políticas dentro do Palmeiras. Em abril, por exemplo, a empresária viu o COF (Conselho de Orientação Fiscal) contestar os novos contratos de patrocínio da Crefisa com o Palmeiras.

O órgão queria que os acordos, que vão fazer a agremiação alviverde quitar os cerca de R$ 120 milhões pagos pela patrocinadora por reforços, fossem desfeitos pelo presidente Mauricio Galiotte.

As alterações contratuais mudaram a forma como a Crefisa contabiliza os aportes que faz no clube para a contratação dos jogadores após a prática anterior ser condenada pela Receita Federal, que pediu restituição de R$ 45 milhões.

As empresas de Leila pagam R$ 82 milhões por ano para estampar suas marcas -além da Crefisa, a FAM (Faculdade das Américas)- nos uniformes do clube.Em entrevista à Folha de S. Paulo em maio, Leila disse que há machismo de parte de seus opositores no Palmeiras.

“Quando entrei no Palmeiras, não tinha esse problema, essa discriminação. Mas hoje eu tenho uma visibilidade muito grande em virtude desse patrocínio. Eu pago três vezes mais do que um patrocínio normal pagaria por um clube da grandeza do Palmeiras. Isso causa muita inveja”, disse Leila.

Folhapress.


Capital chilena vai receber final da Libertadores 2019 em jogo único


Santiago, capital do Chile, foi a cidade escolhida para receber, em 2019, a primeira final de Taça Libertadores decidida em partida única. A Conmebol anunciou a decisão nesta terça-feira (14), após reunião do conselho da entidade sul-americana, em Luque, no Paraguai.

A decisão da Copa Sul-Americana do ano que vem, que também sofrerá alteração de formato e ocorrerá em jogo único, será em Lima, no Peru. Ambas as competições, assim, repetem o modelo em vigor na Europa com a Liga dos Campeões e a Liga Europa -final única e campo neutro.

Além de Santiago, outras duas cidades concorriam à sede do jogo final da Libertadores no ano que vem: Montevidéu (Uruguai) e Lima.

A escolha, de acordo com nota divulgada pela Conmebol, levou em contra critérios como: capacidade de organização, logística, segurança, tecnologia, aspectos políticos, sociais, ambientais e legais, capacidade hoteleira, mobilidade e situações favoráveis para direitos comerciais e de transmissão de TV.

Membros da Conmebol inspecionaram as postulantes por dois dias e meio, de acordo com a entidade.

 

“Essas decisões atendem o objetivo estratégico de promover o desenvolvimento esportivo do futebol sul-americano com mais recursos, mais investimentos e melhores padrões em todos os níveis”, explicou Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

“Além de gerar mais receita para ser reinvestida no desenvolvimento esportivo, as finais únicas serão uma grande oportunidade para que a América do Sul dê um grande salto em infraestrutura esportiva, organização de eventos, controles de segurança, conforto e atenção nos estádios, e na promoção regional e mundial dos nossos torneios, clubes e jogadores”, completou o dirigente.

Desta forma, o formato tradicional da Libertadores e da Sul-Americana, com jogos de ida e volta para a definição do campeão, será utilizado pela última vez em 2018.

Embora não tenha projetado uma data no comunicado emitido nesta terça, a final da Libertadores de 2019 deverá ocorrer em 23 de novembro, um sábado.

Folhapress.


Vasco demite técnico Jorginho após 10 jogos


O Vasco da Gama anunciou na noite desta segunda-feira (13), via comunicado oficial, que Jorginho não é mais técnico da equipe. Ele deixa o clube de São Januário após apenas dez jogos. A decisão foi tomada pelo presidente Alexandre Campello após considerar que a rejeição da torcida já era algo praticamente irreversível.

O dirigente ainda se recupera de um mal-estar no último sábado que o fez passar por um cateterismo. Mesmo ainda em casa, o mandatário resolveu tomar a atitude em função da urgência e aproveitando-se da semana sem jogos, já que o próximo compromisso da equipe é somente na segunda-feira (20), contra o Ceará, em São Januário.

Campello retomará as atividades no clube nesta terça-feira, onde planejará o novo treinador.

Crítico de Jorginho, o ex-vice de futebol Eurico Brandão -o Euriquinho, filho de Eurico Miranda- acusava o treinador de ter rejeição não só da torcida como de parte dos jogadores e dos funcionários do clube, algo não admitido publicamente por ninguém.

O treinador estreou no Vasco há cerca de um mês. Desde então foram apenas dez partidas, sendo quatro vitórias, um empate e cinco derrotas (aproveitamento de 43%). Jorginho deixa o Vasco eliminado da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil, e na 15ª posição do Campeonato Brasileiro com 19 pontos, a apenas um da zona de rebaixamento, mas com dois jogos a menos que os concorrentes.

Junto de Jorginho deixa o clube o preparador físico Joelton Urtiga. Na tarde desta terça (14), dia em que o elenco se reapresenta no CT das Vargens, o treinamento será comandado pelo auxiliar fixo Valdir Bigode, que pode comandar o time contra o Ceará caso o Vasco não acerte com outro treinador até lá.

Folhapress.


‘A gente tem que acordar o mais rápido possível’, afirma Neilton


Acordar e buscar uma reação. É o que afirma o atacante Neilton, do Vitória. Após o revés por 4 a 0 para o Grêmio, o camisa 10 do Leão espera que sua equipe volta a ter um equilíbrio no Campeonato Brasileiro.  O próximo duelo é contra o Palmeiras, domingo (19), às 16h, no Barradão.

“No domingo a gente tem o Palmeiras e depois o Flamengo. A gente tem que acordar o mais rápido possível para voltar a ter um equilíbrio no campeonato”, disse o jogador, em entrevista à Rádio Metrópole FM.

Com 19 pontos, o Vitória ocupa a 16ª posição no Campeonato Brasileiro.

Glauber Guerra/BN


Presidente do Fla promete queixa na CBF contra arbitragem ‘calamitosa’


O presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello chamou de “calamitosa” a arbitragem da partida deste domingo (12) contra o Cruzeiro, no Maracanã – apesar da vitória rubro-negra de 1 a 0.

De acordo com o G1, o dirigente acredita que não houve “erros capitais”, mas sim “erros sucessivos contra o Flamengo”. A arbitragem foi chefiada por Dewson Fernando Freitas da Silva, do Pará.

 

“Foram noventa minutos de arbitragem com erros sucessivos contra o Flamengo. Felizmente nós saímos com a vitória, mas o resultado poderia ter sido outro. Não tem nada para pedir (na CBF). O que a gente faz é registrar o nosso descontentamento num vídeo com todos os erros. Hoje não foram erros capitais, não teve pênalti inexistente, não teve gol em impedimento, mas foi aquela sucessão de jogadas em que o Cruzeiro sempre tinha direito de ter a posse de bola. Bola dividida que a gente ganhava era falta, bola dividida para eles não era falta, inversão, critérios totalmente diferentes”, afirmou.

Ainda segundo a reportagem, Bandeira prometeu que vai abrir uma queixa formal nesta segunda-feira (13) na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). “Vamos levar um vídeo para comprovar o que estamos falando. É bom que a CBF saiba que o Flamengo está atento”, disse.

Noticiasaominuto