Zé Cocá aponta descaso da ViaBahia e cobra ação da ANTT

“Não é possível que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), autarquia vinculada ao Ministério da Infraestrutura, fique omissa diante do descaso da ViaBahia”, disse o deputado estadual Zé Cocá (PP), em pronunciamento no plenário da Assembléia Legislativa da Bahia (Alba), conclamando seus pares a acionar o governo federal. O parlamentar afirmou que as obras de … Leia Mais



Mancha de óleo deve chegar a Salvador nesta quinta, diz oceanógrafo


As praias de Salvador devem ser atingidas hoje (10) pela mancha de óleo que já afeta outras praias do Nordeste, de acordo com o professor do Departamento de Oceanografia da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Guilherme Lessa. 

Segundo o Correio, o professor explicou que o óleo chegou à costa da Bahia devido a uma mudança no sentido dos ventos no mês passado. “Até o início de setembro, os ventos de sudeste empurraram a água costeira para o norte, o que evitou este óleo de alcançar o litoral baiano. A partir de setembro, os ventos de direção leste e nordeste passaram a soprar e trouxeram o óleo na nossa direção”, pontuou.

Até a última terça-feira (8), o Ibama informou que já haviam sido retiradas cerca de 10 toneladas do resíduo apenas no estado. Há registros do óleo em Jandaíra, Conde, Esplanada, Entre Rios, Camaçari e Praia do Forte, que fica em Mata de São João.

Para chegar até o Brasil, o óleo foi conduzido pela corrente marítima Sul Equatorial, que é de larga escala e cruza o Oceano Atlântico, segundo destaca o professor. Ele acrescenta ainda que, perto da costa, as correntes são impulsionadas pelo vento e fazem o trabalho de transporte.

Metro1


Sobe para 20 o número de casos de sarampo confirmados na Bahia


O número de casos de sarampo confirmados na Bahia voltou a crescer, segundo informações divulgadas ontem (9) pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Onze novos pacientes com a doença foram confirmados. Santo Amaro é a cidade com o maior número de infectados, e Salvador tem um caso importado registrado.

A Sesab afirma que cinco novos casos foram confirmados em Santo Amaro, três em Gandu, um em Ituberá, um em Andorinha e outro no município de Palmeiras. A investigação epidemiológica concluiu que os casos registrados em Gandu e Ituberá estão associados ao surto de Santo Amaro.

No total, segundo a pasta, foram contabilizados 20 casos confirmados de sarampo em residentes na Bahia, sendo três importados.

Até o dia 5 de outubro, 509 casos suspeitos de sarampo foram notificados na Bahia, sendo 263 descartados. Os demais permanecem em investigação.

Metro1


”Minha intenção para esse município aqui é tirar essa raça ruim que está ai e Jiquiriçá viver dias melhores, diz sub-tenente Barreto sobre 2020

Barreto vai tentar pela terceira vez ser prefeito de jiquiriça.


Um áudio de uma conversa entre Gilmar Barreto de Oliveira e um homem identificado pelo prenome Val de Jana foi compartilhado no whatsapp, e rapidamente tomou as ruas de Jiquiriçá, na conversa o sub-tenente Barreto, declarou pre-candidatura para prefeito, nas eleições 2020.

Aposição natural de Jiquiriçá claro que é o 55 mesmo e outra coisa, além de eu ser o líder do 55, meu nome é limpo, todo mundo sabe disso, não tem nada que macule meu nome, que suje meu nome, a gente saiu de duas campanas eu não devo um centavo a ninguém, o povo de Jiquiriçá sabe disso, o povo de Jiquiriçá sabe qual minha intenção para esse município aqui, é tirar essa raça ruim que está ai e Jiquiriçá viver dias melhores, então claro que sim, 2020 vem ai e a gente tá junto de novo.” Disse ele.

Barreto foi candidato em 2016, pelo PSD, mas ficou em segundo lugar após obter 4,015 VOTOS – 49.17% e ficar na segunda colocação, ele foi superado por Cascalho do PRP, que obteve 4,150 VOTOS – 50.83% , uma diferença de 135 votos.

Em 2012 o militar também concorreu, obteve 3.291 votos – 40,46%, mas perdeu para Valdemar Andrade, que teve 4.755 votos – 58,46%.


Neto nega uso da Guarda Municipal durante suposta greve da PM: “Não tem poder de polícia”


O prefeito ACM Neto (DEM) negou que a Guarda Municipal irá atuar em um eventual agravamento da  greve da Polícia Militar. “A Guarda Municipal não tem poder de polícia”, declarou, após ser questionado durante a visita dos prefeitos nas obras do Centro de Convenções Municipal. O encontro integra a programação da 76ª Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos.

“A Guarda Municipal tem duas prerrogativas: proteger o patrimônio do município e estar presente nas áreas públicas, onde ela já se faz presente: em algumas praças, na Orla, no Centro Histórico, em estações de ônibus, nos lugares onde a Guarda Municipal atua vai continuar atuando. Mas ela não tem a função de substituir o poder de polícia, que é exclusivo da Polícia Militar e da Polícia Civil”, completou.

Segundo o gestor, a responsabilidade da prefeitura é de apenas “assegurar que os serviços públicos municipais funcionem bem, com normalidade, como aconteceu hoje”, nas palavras dele. “É o que nós podemos fazer e torcer para que não haja nenhuma ampliação desse movimento de paralisação dos policiais e que as coisas continuem funcionando como nós vimos hoje funcionar. Entendo que hoje tivemos um dia tranquilo em Salvador, durante o dia, então espero que assim continue. Acompanhei através da assistência militar da Prefeitura, com relatórios de hora em hora, e até aí a gente não viu nenhuma consequência mais séria para a cidade. E a minha preocupação e a responsabilidade principal da prefeitura é assegurar o pleno funcionamento dos serviços públicos, o que nós asseguramos perfeitamente”.

O Governo do Estado e o Comando Geral da Polícia Militar negam que a categoria esteja em greve.

Bnews


Igreja Católica abre debate sobre padres ‘casados’ na Amazônia


Algumas autoridades católicas estão abertas para ideia de ordenar homens casados na Amazônia, diante da falta de padres ‘solteiros’ na região. Porém essa opção, tem provocado uma divisão na Igreja, no Vaticano, Roma. Com informações da EXAME.

A questão sobre os ‘padres casados’ com idade avançada e comportamento católico irrepreensível, tem sido abordada desde o início dos debates da assembleia especial episcopal dedicada aos problemas da Amazônia. Dos 184 prelados do sínodo, 113 são da região amazônica, principalmente do Brasil (30%).

Na Amazônia, a Igreja Católica está preocupada com o aumento vertiginoso da presença de igrejas evangélicas pentecostais, que contam com ‘pastores casados’.

Mesmo que o debate não se concentre realmente no fim do celibato dos padres, os tradicionalistas católicos estão, no entanto, irados diante do fantasma de uma possível ‘exceção regional’. O mal-estar se dá, em especial, porque uma parte progressista da Igreja alemã também vem defendendo a possibilidade de padres casados.

Bahia.ba