Carreta sai da pista e derruba carga de livros na BR-101, no sul da Bahia

Uma carreta que transportava livros tombou na BR-101, no sul da Bahia, perto de Itamaraju, na tarde desta segunda-feira (28). O acidente aconteceu no km-785, nas proximidades do povoado de Montinho, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Não há feridos. Segundo a PRF, o veículo, que tinha placa do Espírito Santo, tombou ao sair … Leia Mais




Barba e minipênis: mulher vira homem devido ao uso de anabolizantes

Para muitas pessoas que querem músuclos maiores e com rapidez, o consumo dos anabolizantes é recorrente e, apesar dos prejuízos à saúde, é relativamente comum, como mostra Jodie Marsh em um documentário lançado recentemente. Segundo o site inglês Daily Mail, o uso exagerado dos produtos fez com que Candice Armstrong, de 28 anos, se transformasse … Leia Mais


Una: Professora completa 24h acorrentada em lixeira em frente à prefeitura


PROFESSORA ACORRENTADAUma professora da Rede Municipal de Ensino de Una, no sul baiano, completou na manhã desta quinta-feira 24 horas acorrentada em uma lixeira em frente à prefeitura. O ato é em protesto contra a redução da sua jornada de trabalho e, consequentemente, a diminuição do seu salário. Gilmária Alves Barbosa leciona no município há quase 30 anos e, segundo ela, outros colegas vivem a mesma situação. Ela passou de uma jornada semanal de 40 para 20 horas. Segundo a docente, que cobra uma audiência com a prefeita Diane Rusciolelli (PSD), o corte na sua renda mensal desestruturou o orçamento da família. A secretária municipal de Educação, Rosana Margarete Figueiredo, que substituiu recentemente o ex-secretário Gilberto Lisboa, não se encontra no município.

Não há informações sobre o motivo da redução da jornada de trabalho dos educadores do município. A prefeitura ainda não se pronunciou sobre o caso.

PROFESSORA ACORRENTADA 2

BN


Tomate pressiona inflação na terceira prévia de outubro


AgenciaBrasil_31O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu de 0,45% para 0,49% entre a segunda e a terceira prévia deste mês de outubro, puxado, principalmente,  pelos alimentos, com destaque para o tomate que ficou em média 15,82% mais caro, ante 7,91% na segunda prévia, e o pão francês com alta de 2,55%, ante 2,22%.

O levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV) mostra que dos oito grupos pesquisados o de alimentos foi o que apresentou a maior alta (0,79% ante 0,63%). O índice foi pressionado também por refeições em bares e restaurantes, com avanço de 0,62% ante 0,58% e por aluguel residencial (de 0,73% para 0,77%).

Além dos alimentos, também registraram acréscimos nos grupos: educação, leitura e recreação (de 0,32% para 0,49%); habitação (de 0,54% para 0,57%) e despesas diversas (de 0,07% para 0,14%). Em sentido oposto, diminuiu a intensidade dos aumentos nos seguintes grupos: transportes (de 0,06% para 0,02%); saúde e cuidados pessoais (de 0,47% para 0,43%) e vestuário (de 0,91% para 0,75%). (Agência Brasil)


Homem tenta suicídio em torre de energia


torreUm morador do bairro Alto da Bela Vista tentou tirar a própria vida durante a madrugada desta quarta-feira(23/10). Itássio Rodrigues de Souza, de 26 anos, subiu na torre de transmissão de energia elétrica, amarrou um fio no pescoço e se jogou do local. O rapaz foi socorrido e reanimado momentos depois por populares. “Eu estava dormindo quando ouvi os gritos de pessoas pedindo socorro. Como percebemos que ele ainda estava com vida, eu e mais dois subimos na torre e tiramos ele de lá”, contou um vizinho à reportagem do Giro. Itássio foi reanimado por populares que aguardaram a chegada dos profissionais do Samu. O jovem foi socorrido pelo médico do Samu e encaminhado para o HGI, de onde foi transferido para o Hospital Prado Valadares em Jequié. Segundo informações de vizinhos, Itássio está em coma. Essa não foi a primeira vez que o jovem tentou suicídio, de acordo com informações policiais, ele sofre de depressão. (GIRO EM IPIAÚ).2013-10-23 03.48.10


Jovem atira na barriga da irmã grávida após discussão


47715-2Uma jovem grávida de 20 anos levou um tiro na barriga dado pelo próprio irmão por volta das 21h de terça-feira (22). De acordo com a polícia local, o irmão identificado como Thiago é usuário de drogas e atirou na garota após uma discussão por motivo desconhecido.

Daiana do Carmo foi socorrida para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e continua internada. O estado de saúde dela não foi informado. Ela reside na Rua do México, no bairro Tomba. Ela está no quarto mês de gestação. As informações são do Acorda Cidade.

Araci: Médico denuncia situação precária do hospital municipal


HOSPITAL - ARACIA atual situação do Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição, em Araci, no nordeste baiano, é considerada precária. A avaliação é do médico Jamil Abrão Santos Salvador, que presta serviço à unidade. Segundo o profissional de saúde, que é concursado, atualmente o hospital não conta com procedimento padrão de triagem. Além da falta de controle dos pacientes, o centro de saúde não possuiu segurança ou porteiro, o que facilita a entrada de qualquer pessoa nas dependências do prédio. Além do problema com a segurança, que expõe profissionais e pacientes, a unidade não conta com instrumentos médicos considerados imprecindíveis, como o autoclave – equipamento utilizado para esterilizar os materiais utilizados em diversos procesimentos. Na denúncia encaminhada pelo médico, medicamentos básicos como Dexametasona, Voltaren, Diazepam, além de materiais para sutura e soros específicos deixaram de ser repostos. Na sala de parto, a mesa está enferrujada e forrada com sacos de lixo, as paredes estão sujas e no local não tem nenhum material específico para a realização dos procedimentos. Até um relógio para registrar o horário do nascimento das crianças não tem. Outra preocupação do médico é com a alimentação servida na unidade e com o espaço reservado para o conforto dos profissionais. Segundo ele, existe mofo nas paredes e o repouso dos médicos tem que ser feito no chão do local. No banheiro não existe nem sabonete, nem papel toalha, e os médicos precisam compartilhar a mesma toalha. O médico ainda critica o tratamento dado aos médicos cubanos recém chegados à cidade que, segundo ele, é totalmente diferenciado. O Bahia Notícias tentou entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, mas os telefonemas não foram completados.