Farinha de mandioca sobe 151% em 1 ano e é a nova vilã de preços

Pode faltar farinha no pirão. Além do tomate e da cebola, a farinha de mandioca é outra vilã dos preços altos que está assustando o brasileiro. O tradicional ingrediente já acumulou alta de 151% no últimos 12 meses, de acordo com o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor amplo), e aparece ao lado de outros … Leia Mais


Nova Zelândia aprova casamento homossexual

O parlamento da Nova Zelândia aprovou nesta quarta-feira (16) o casamento homossexual, depois de oito anos de permitida a união civil estável entre pessoas do mesmo sexo no país. A medida foi aprovada com 77 votos a favor e 44 contra, depois de um processo legislativo que durou oito meses. A audiência pôde ser acompanhada … Leia Mais


Funcionários do Banco do Brasil vão fazer paralisação

Funcionários do Banco do Brasil devem realizar uma paralisação de 24 horas no dia 30 de abril. A Comissão de Empresa dos Funcionários convocou todos os envolvidos a aderirem à causa devido a direção do Banco do Brasil ter cancelado uma reunião de negociação com federações e sindicatos para discutirem o plano de funções que … Leia Mais


Jovens presas com carro roubado no Ogunjá são liberadas pela Justiça

A Justiça concedeu, nesta sexta-feira (12), a liberdade provisória às duas jovens presas na última terça (9) com um carro roubado no Vale do Ogunjá, em Salvador. Sendy Gabrielli Gomes, de 27 anos, e Débora Ruth Carvalho de Menezes, de 19 anos, responderão em liberdade por receptação. As duas, que ficaram conhecidas como as “patricinhas … Leia Mais


Restauração da Barragem do Rio Jiquiriçá

Buscado cuidar do Rio Jiquiriçá que banha nossa cidade, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura, na manhã desta quinta-feira (11/04) começou a assentar as pedras para restauração da barragem que fica ao lado do centro da cidade e assim aumentar o nível da água. Segundo informações da Construtora responsável pelo serviço, ainda … Leia Mais


Usuário denuncia traficante para a polícia após não receber droga


VICIADOS - BARREIRASUm traficante de drogas foi preso na madrugada desta quarta-feira (10), no município de Barreiras, a cerca 900km da capital baiana, após ser denunciado pelo próprio usuário de crack. De acordo com site Barreiras Notícias, durante uma simples ronda noturna, uma equipe da Polícia Militar (PM) foi surpreendida por um homem que se dizia ser usuário de drogas e que foi enganado pelo traficante. Após a denúncia, que o vendedor teria ficado com o dinheiro do usuário sem lhe fornecer a droga, os policiais se encaminharam para a Favela do Horto no bairro Tanque da Nação, seguindo as informações do denunciante, e flagrou Juliovan dos Santos Serra, 39 anos, com 24 pedras de crack e uma quantia em dinheiro. O usuário e o acusado foram encaminhados para o Complexo Policial Investigador Bandeira para prestarem esclarecimentos sobre o ocorrido. (Foto: Barreiras Notícias)



Ministro dos Esportes não crê em ‘elefantes brancos’ após a Copa do Mundo


O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, rechaçou a possibilidade de que alguns estádios construídos para a Copa do Mundo se tornem os chamados “elefantes brancos”, ou seja, grandes obras sem utilidade após o evento. “Eu não partilho da tese de que parte dos estádios se tornarão ‘elefantes brancos’. O Brasil passa por um processo de modernização do nosso futebol. Manaus e Cuiabá, que estão sendo olhadas com maior desconfiança, talvez pelo desconhecimento e pela distância, também justificam a construção dessas arenas. A de Manaus representará 60% do território brasileiro, que é a Amazônia. É concebível fazer uma Copa do Mundo deixando de fora 60% do nosso território? Desconhecendo cidades históricas como Cuiabá, representando um bioma único do planeta, que é o Pantanal, hoje marcadas como destino turístico importante? Acho que não”.

Rebelo participou, nesta terça feira (9), de audiência pública da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara, para discutir os planos do ministério para 2013. Ele respondeu perguntas de vários parlamentares e explicou que o dinheiro utilizado pelo governo federal em construção de estádios é apenas um empréstimo e que nem todos os estados o utilizaram. “O governo, na construção dos estádios, entrou com empréstimos concedidos mediante garantias e exigências para as construtoras. As condições de juros é que foram mais favoráveis. O governo disponibilizou R$ 400 milhões para cada um dos 12 estádios e nem todos recorreram ao empréstimos. Brasília não recorreu e alguns recorreram apenas com uma parte.”

De acordo com Rebelo, os demais investimentos, feitos em aeroportos, mobilidade urbana, dentre outros, estavam previstos, independente da Copa do Mundo, e foram apenas antecipados em prol do evento. O presidente da comissão, deputado Romário (PSB-RJ), externou ao ministro sua preocupação com o dinheiro investido nos estádios. “Segundo o então presidente Lula, o Brasil gastaria, nos estádios de futebol, R$ 2,2 bilhões. Hoje, estamos em R$ 5,7 bilhões. Eu não sou engenheiro, arquiteto ou matemático, mas se eu vou fizer um orçamento para a minha obra, tudo bem que chegue a 20%, 30% de aumento. Mas 159%? Acho que isso é total falta de respeito com o dinheiro público”. Romário ainda pleitou uma fatia do lucro que a Federação Internacional de Futebol (Fifa) obterá na Copa do Mundo de 2014. Segundo ele, a Fifa “não entra com nada e sai com mais ou menos R$ 3 bilhões de lucro” e, portanto “não haveria problema em deixar 300 ou 500 milhões” no país. Rebelo entendeu a proposta como razoável e disse que há alguma conversa sobre o assunto com a entidade máxima do futebol mundial. “Já há uma disposição da Fifa em partilhar uma parte do lucro como legado da Copa do Mundo. Não há uma definição sobre a quantia destinada para essa finalidade, mas acho que a preocupação dos deputados é justa e tem a minha solidariedade”.

Ao final da audiência, Romário demonstrou confiança no trabalho de Rebelo, mas se manteve crítico às políticas adotadas pelo país para receber a Copa do Mundo. “O gasto já foi feito e continuará sendo feito. O ministro é uma pessoa séria, responsável e dedicada. Ele tem feito um bom trabalho dentro do ministério, mas a realidade é a que nós conhecemos. O Brasil está gastando dinheiro público em um evento que, por mais que seja importante, vai passar. E a saúde está aí, a educação está aí e a fome também”. (Agência Brasil).


Eduardo Campos reúne lideranças durante festa em Porto Alegre; PT fica de fora


EDUARDO PAESPrincipal aliado do PSB no Rio Grande do Sul, o PT não enviou representantes ao evento em homenagem ao deputado federal gaúcho Beto Albuquerque, nesta segunda-feira (8),  que reuniu lideranças estaduais em torno de um convidado especial, o governador pernambucano Eduardo Campos (PSB). Participaram do encontro políticos como a deputada Manuela D’Ávila (PCdoB) e a senadora Ana Amélia Lemos (PP), além de membros do PSDB e PMDB. Na festa, Campos tentou mostrar proximidade com o Estado ao citar problemas como a pobreza do sul gaúcho, e a falta de ferrovias. Em entrevista antes do evento, ele voltou a fazer críticas ao governo federal e disse que não adianta adotar apenas “medidas pontuais” para melhorar a economia do país, ao citar “preocupação” com o aumento da inflação. Nesta terça (9), o gestor de Pernambuco terá uma intensa agenda em Porto Alegre, que inclui palestras e um encontro com o governador gaúcho Tarso Genro (PT). Informações da Folha.


Torcedores reclamam de ‘lei seca’ na Arena Fonte Nova


Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Na fila dos restaurantes da Arena Fonte Nova, o maior questionamento dos torcedores é: “onde tem cerveja com álcool?”. No entanto, com a proibição da comercialização de bebidas alcoólicas nos estádios, muitos ficaram apenas na vontade, ou tiveram que se contentar com a cerveja sem álcool. Para o médico Daniel Lima, a venda deveria ser liberada, mas com ressalvas. “Sou a favor da liberação, mas somente antes do jogos, no intervalo e depois das partidas, como acontece em alguns lugares na Europa. Já o funcionário publico Marcos Nascimento expressou sua indignação com a falta do liquído. “É um absurdo. O nome do estádio é de cerveja, mas não tem. Só sem álcool, que tem um gosto ruim. Cerveja e futebol são como Romário e Bebeto. Uma combinação perfeita”, filosofou.