Prazo para reclamar FGTS cai a 5 anos

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem que o prazo de prescrição para um trabalhador buscar o valor não depositado pela empresa no seu Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é de cinco anos, e não mais de 30 anos. A mudança de entendimento só terá efeito para os trabalhadores que, a partir … Leia Mais


PT cobra ministério ‘qualificado’ no segundo mandato

Em reunião a portas fechadas para discutir o segundo mandato de Dilma Rousseff, deputados do PT cobraram ontem um ministério mais “qualificado”, com mais peso político e maior diálogo da presidente com o partido. Diante dos ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil), Ricardo Berzoini (Relações Institucionais) e Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência), os petistas também disseram … Leia Mais



Suspeito de atropelar 16 em SP se apresenta e é liberado


SUSPEITO - ATROPELADORO motorista suspeito de atropelar 16 pessoas na saída de uma igreja na manhã do último domingo, Renan Bento da Silva, de 26 anos, apresentou-se à polícia na tarde desta quinta-feira, 13, e alegou que perdeu o controle do veículo. O acidente ocorreu no último domingo na Vila Medeiros, zona norte da capital. Segundo a polícia, o laudo pericial constatou que o Fiat Marea conduzido por Silva estava a 118 km/h no momento da colisão. Após ser ouvido, o suspeito foi liberado. Na manhã desta quinta, Kauan Israel Castro da Silva, de 3 anos, que foi atropelado com o grupo, teve morte encefálica constatada, segundo o Hospital das Clínicas. Ele chegou a ser submetido a uma cirurgia no abdome. Segundo o delegado titular do 39º DP (Vila Gustavo) Marco Antonio Dario, Silva negou que estivesse em alta velocidade e afirmou que foi fechado por outro carro. A polícia contesta a versão. “O laudo pericial apontou 118 km/h e ele foi confrontado com esse laudo. Ele disse que tinha sido fechado por outro veículo, o que também não corresponde com a verdade. No local, a marca da frenagem está em linha reta.” Ainda de acordo com o delegado, o suspeito disse que não prestou socorro às vítimas por medo de ser agredido. “Não havia testemunhas. Como ele poderia ser linchado se só havia as vítimas, que estavam feridas, no local?”, questiona Dario. Em depoimento, o suspeito negou ainda que era dono das 24 embalagens com maconha e dos 15 pinos de cocaína encontrados no veículo. Silva tem passagem por porte ilegal de armas, segundo a polícia. “A droga estava acondicionada em condições típicas de tráfico: em pequenas porções e dentro de uma sacola plástica”, explicou o delegado. A mulher que estava no carro com Silva, identificada como Michele Cristina Reis, de 21 anos, também prestou depoimento nesta quinta. Ela disse que estava em um relacionamento com o suspeito havia um mês e confirmou que o motorista fugiu sem ajudar os feridos. Ela negou saber da existência das drogas e também foi liberada. A polícia investiga se uma terceira pessoa, apontada por uma das vítimas, estava no veículo no momento do acidente, pois Silva e Michele contaram que estavam sozinhos. Dario diz que o suspeito deve ser indiciado por homicídio com dolo eventual, tentativa de homicídio e tráfico de drogas. A prisão dele será pedida à Justiça, segundo o delegado. Após prestar depoimento, Silva pediu desculpas às vítimas do acidente. “Queria pedir perdão para as vítimas pelo ocorrido. Minha intenção não era essa, não queria machucar ninguém.” Ao sair da delegacia, ouviu gritos de “assassino” de pessoas que se aglomeraram na porta do local.


Mutuípense vítima de atropelamento é atendido no hospital DE Laje


O mutuípense, identificado como Isael Tetê Filho, de 43 anos, foi vítima de um atropelamento na cidade de Valença, mesmo sendo atendido no Hospital da cidade do acidente, o mesmo foi encaminhado para o Hospital Municipal Vereador Ranulfo José de Almeida, em Laje.

A vítima, que concedeu uma entrevista ao repórter da Radio Lider FM/Laje, Kiko Nunes, informou que apesar de ser natural da cidade de Mutuípe, atualmente reside em Valença, no bairro da Bolívia. O mesmo relatou que ao sair de sua residência para ir trabalhar, foi atingido por um carro ao tentar atravessar a faixa de pedestre, que estava com o sinal verde para os veículos. O motorista envolvido no acidente fugiu sem prestar socorro a vítima. Como o ocorrido foi próximo ao Comando da Policia Militar, os policiais chamaram o SAMU, que logo prestou o devido socorro a vítima.

Isael sofreu uma fratura na perna direita, foi socorrido no Hospital de Valença, porém foi encaminhado ao Hospital de Laje para a revisão.

Fonte: Rádio Líder FM/Laje


Soldado jihadista de 13 anos promete que o ocidente será destruído


SOLDADO JIHADISTAO Estado Islâmico (EI) está recrutando crianças para se tornarem militantes que enfrentaram os chamados “infiéis” apostando suas próprias vidas. A BBC conseguiu encontrar e entrevistar um jovem de 13 anos que está treinando para aderir ao grupo. Morador do sul da Turquia, o garoto sírio – que pediu para ser chamado de “Abu Hattab”- se juntou ao grupo jihadista Sham al-Islam e passou a ter aulas de Sharia e de como usar armas. Através do Facebook ele mantém contato com jihadistas militantes do EI e se prepara para nas próximas semanas ir para a base do grupo que fica em Raqqa, na Síria, se tornar um soldado. Ao repórter da BBC o jovem afirmou que gosta do EI “porque eles pregam a Sharia e matam os infiéis, os não-sunitas e aqueles que abandonaram o islamismo”, disse. Segundo Abu Hattab as milhares de pessoas mortas pelos terroristas islâmicos seriam agentes americanos. “Temos que decapitá-los, como Alá diz no Alcorão”, afirmou o jovem que não tem medo de morrer durante os combates. “Alá mandou que trabalhássemos e lutássemos para a próxima vida, para o paraíso”, disse ele ao ser questionado se não quer aproveitar sua infância como os outros garotos. “Antes eu ia ao parque ou para a praia. Mas percebi que estava errado e tomei o caminho certo.” A mãe de Hattab também não se importaria que ele perdesse a vida. “Ficaria muito feliz”, disse ela respondendo a pergunta do repórter sobre como ela se sentiria se ele morresse na batalha. A mesma felicidade ela sentiria se o filho matasse ocidentais. “Eu não ficaria triste se ele matasse ocidentais. Tenho vergonha dos meus outros filhos trabalhando pacificamente para grupos da sociedade civil. Eles deveriam pegar em armas”. O ocidente é o maior inimigo do EI segundo as declarações do jovem que não descarta ataques dos terroristas na Grã-Bretalha. “Em breve o Ocidente vai ser destruído”, promete.


Petrobras diz desconhecer investigações norte-americanas


PETROBRAS - LOGOEm nota divulgada na noite de quarta-feira, a Petrobras afirmou desconhecer que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos ou a Securities and Exchange Comission (SEC) estejam investigando eventual violação à legislação norte-americana pela estatal brasileira. O esclarecimento é uma referência à matéria publicada no fim de semana pelo jornal Financial Times, que noticiou que os dois órgãos internacionais apuram a possibilidade de as denúncias de desvio de dinheiro da empresa terem infringido a Lei Anticorrupção norte-americana. De acordo com o jornal, o Departamento de Justiça e a SEC abriram investigações criminal e civil, respectivamente. Eles querem saber se autoridades e funcionários da empresa receberam suborno. A nota da Petrobras revela que a estatal não recebeu notificação a respeito de investigações. “A Petrobras, através do escritório americano contratado para conduzir as investigações independentes, Gibson, Dunn & Crutcher LLP, fez contato com os referidos órgãos americanos, informando sobre o início dos trabalhos para apurar tais denúncias na companhia”, conclui. (Terra)


Movimentos sociais fazem protesto em São Paulo por reforma política


PROTESTO - SPMovimentos sociais fecharam a Avenida Paulista na tarde desta quinta-feira (13) em um protesto pela reforma política. O grupo reuniu-se no vão-livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp) e seguiu em direção à Rua da Consolação. Com o tema Contra a Direita, Por Mais Direitos, os manifestantes repudiam ainda os protestos que pediam intervenção militar no Brasil e pedem reformas urbana, agrária e tributária. Participam do ato o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), o  Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e o Movimento Juntos. O coordenador do MTST, Guilherme Boulos, defendeu que os movimentos sociais devem pautar uma agenda de mudanças para os próximos anos. “Nós queremos deixar claro aqui que nós  queremos falar de uma intervenção nos rumos do país, mas não é intervenção militar, é uma intervenção popular”. Boulos também destacou a necessidade de se implementar uma Assembleia Constituinte para implantar a reforma política. “O Congresso Nacional não vai abrir mão de seus privilégios”, disse. Informações da Agência Brasil.