MST acusado de vender produtos de área ocupada

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), que ocupam desde janeiro a Fazenda Marruais, no município de Coité, são acusados pelo proprietário do imóvel, Geovani Ferreira, de vender sisal e gado retirados da fazenda. Ferreira, além do pedido de reintegração de posse feito à Justiça, entrou com uma queixa-crime acusando os invasores de causar … Leia Mais


Projeto garante educação para jovens em tratamento de saúde

O deputado estadual Pedro Tavares (PMDB) apresentou projeto de lei na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) que propõe o direito ao acompanhamento educacional da criança e do adolescente no tratamento de saúde. Evitará, portanto, perda de desempenho escolar para jovens que sejam submetidos a internações ou outras ações de saúde.   O acompanhamento deve se … Leia Mais



Jaques Wagner sobre ACM Neto: ‘Ele é que tem que tomar juízo’

Após as eleições de 2014, o governador Jaques Wagner (PT) e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), devem voltar a adotar a política da boa vizinhança. De acordo com a coluna Tempo Presente, o petista já acenou com a possibilidade de deixar pra trás a campanha, porque ambos têm compromissos com o povo da … Leia Mais


‘Canibais’ de Olinda são condenados por homicídio quadruplamente qualificado


CANIBAIS - OLINDAIsabel Cristina da Silveira, Jorge Beltrão Negromonte da Silveira e Bruna Cristina Oliveira da Silva foram condenados pela morte da moradora de rua Jéssica Camila da Silva Pereira, em maio de 2008, além de terem praticado canibalismo com o corpo da adolescente, de 17 anos. O julgamento terminou hoje (14), em Olinda (PE). Negromonte foi condenado a 21 anos de reclusão e a um ano e seis meses de detenção, enquanto Isabel e Bruna foram condenadas a 19 anos de reclusão, além de um ano de detenção. Segundo o Código Penal, a pena de reclusão é mais severa e já começa no regime fechado em estabelecimentos de segurança máxima ou média. A pena de detenção, mais branda, admite que o preso inicie o cumprimento da sentença no regime semiaberto, que pode se cumprido em colônias agrícolas, industriais ou similares, ou no regime aberto, cumprido em casas de albergado ou estabelecimentos adequados. Os três foram condenados pelos crimes de homicídio quadruplamente qualificado, vilipêndio – que diz respeito à profanação do corpo da vítima – e ocultação do cadáver de Jéssica. Foram considerados ainda quatro agravantes do homicídio (motivo fútil, emprego de meio cruel, sem dar chance de defesa à vítima e para assegurar impunidade). A sentença foi lida pela juíza da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Olinda, Maria Segunda Gomes de Lima, que presidiu a sessão. A defesa pode recorrer da decisão. O julgamento de Isabel, Bruna e Negromonte começou quinta-feira (13) e terminou na sexta-feira (14), por volta das 20h. De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público (MP), os réus mataram Jéssica e cortaram seu corpo em várias partes. O caso ganhou evidência pelo fato de Isabel, Bruna e Negromonte consumirem a carne da vítima. A filha da Jéssica, de cerca de 1 ano de idade na época do crime, também teria comido carne humana, dada pelos réus. De acordo com a denúncia do Ministério Público, Negromonte e Isabel eram casados e não podiam ter filhos, fazendo com que eles quisessem criar a filha de Jéssica como se fosse deles. O MP ressalta ainda que os assassinos fazem parte de uma seita, de nome “O Cartel” e que “a morte da adolescente, bem como todos os demais atos praticados pelos acusados, seriam de ‘purificação’ da vítima, cuja carne foi consumida nas refeições (…)”.


Mulher descobre que namorado era mulher: “ele era tão viril”


CASAL - EUAUm caso curioso aconteceu com uma britânica de 20 anos que começou a namorar um neozelandês de 23 anos em 2012. De acordo com o Daily Mail, Urie e Kieran Moloney tinham apenas um mês namoro quando ela descobriu que ele nasceu mulher, é transexual e ainda não fez a cirurgia de mudança de sexo. “Fiquei surpresa, mas eu o amo por quem ele é e o vejo como homem”, disse Charlotte.

Conforme o Daily, a moça não se importou com a revelação e os dois continuaram o romance. Hoje, o casal mora junto e pretende começar uma família através da doação de esperma de um amigo. Moloney contou à publicação que se sentia infeliz em ser menina desde que tinha apenas 4 anos. O rapaz chegou a perder a virgindade aos 14 anos, com um rapaz, mas se sentiu muito mal e decidiu seguir o seu coração. Ela cortou os cabelos, começou a usar roupas masculinas e adotou o uso de sutiãs esportivos para apertar os seios. Ela também começou a tomar comprimidos de hormônio.

Aos 18 anos, ela ganhou pelos no corpo e começou a receber injeções mensais de testosterona. “Quando vi os resultados, fiquei eufórico. Finalmente tinha a parte superior do corpo de um homem, algo que tinha sonhado”. Em 2012, Kieran mudou seu nome de Ciara para Kieran.
Quando conheceu Charlotte, ela ficou com receio de não ser aceito. Charlotte não desconfiou de nada. “Fiquei tão surpresa. Ele era tão viril. Nunca tive qualquer suspeita. Nunca tive qualquer preocupação sobre namorar alguém transgênero. Biologia não importa”.
Os dois pretendem se casar e ter filhos. Caso a doação de esperma não dê certo, eles vão apelar para a adoção.
HOMEM - EUA

ONU está preocupada sobre desaparecimentos no México


RULPERT COVILLEO escritório de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (OHCHR, na sigla em inglês) alertou sobre conclusões precipitadas a respeito da investigação “complexa” do desaparecimento de 43 estudantes no México e disse que há preocupações profundas sobre o caso, tanto a nível nacional como internacional. O porta-voz do OHCHR, Rupert Colville, afirmou durante uma coletiva de imprensa em Genebra, que a agência da ONU deslocou funcionários do Escritório de Direitos Humanos do México para visitar vários locais em que foram encontradas evidências de crimes. O procurador-geral do México, Jesús Murillo Karam, afirmou que os fragmentos de ossos encontrados eram muito pequenos e não permitiam identificar as vítimas. Ele reforçou a necessidade de aguardar a análise forense ser concluída. Como resultado das investigações, 52 pessoas foram presas por conexão com o desaparecimento dos estudantes, incluindo pelo menos 36 policiais. O chefe da OHCHR, Zeid Raad Al Hussein, se reuniu com o vice-ministro mexicano para Assuntos Multilaterais e Direitos Humanos, Juan Manuel Gómez, no início desta semana em Genebra e teve uma discussão séria sobre a investigação e a importância de descobrir a verdade. De acordo com as investigações, os 43 estudantes do distrito de Ayotzinapa foram presos pela polícia municipal de Iguala e entregues a uma gangue local para serem mortos em 26 de setembro. A ordem teria partido do então prefeito de Iguala, José Luis Abarca, porque os estudantes poderiam atrapalhar um evento público no qual sua esposa, Maria de los Angeles, participava.

Número de linhas de celulares no país passa de 278 milhões


CELULARESO Brasil fechou o mês de setembro com 278,48 milhões de linhas ativas na telefonia móvel. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), houve acréscimo de 1,07 milhões de linhas em setembro. No levantamento, divulgado hoje, os acessos pré-pagos totalizavam 76,49% e os pós-pagos 23,51%. A teledensidade chegou a 137,14 linhas para cada grupo de 100 habitantes. Em setembro, a operadora Vivo liderava o mercado, com 28,66% de participação, seguida da TIM, com 26,89%; da Claro, com 25,01%; da Oi, com 18,47%; da Nextel, com 0,46%; da CTBC, com 0,41%; da Porto Seguro, com 0,08% e da Sercomtel, com 0,02%.


Petrobrás está ‘maculada’, afirma senador Aécio Neves


AECIO - OLHANDOO senador Aécio Neves (PSDB-MG) afirmou nesta sexta-feira, 14, que a Petrobrás está “maculada”. Ao comentar os desdobramentos da sétima fase da Operação Lava Jato, que nesta manhã prendeu um ex-diretor da estatal e executivos de empreiteiras, o tucano disse que a prisão reforça ligação do PT nas suspeitas de corrupção envolvendo a petroleira. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou sentir “vergonha” de falar sobre as denúncias. Em encontro realizado em São Paulo com correligionários para agradecer a votação recebida no Estado nas eleições presidenciais, Aécio usou parte do seu discurso para atacar a gestão do governo federal. Segundo ele, a estatal incorporou “a marca perversa da corrupção”. Durante a sua fala, Aécio disse ainda que enquanto o PT celebra as eleições, um “importante diretor da Petrobrás indicado pelo PT” era preso. “A Petrobrás está maculada pela irresponsabilidade de alguns de seus diretores”, disse. Na sétima etapa da Lava Jato, foi preso temporariamente Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobrás, área comandada por ele entre 2003 e 2012. Para o senador, a prisão de Duque “vai deixar muita gente sem dormir” porque, segundo ele, representa o elo mais forte com o partido. O tucano criticou também o fato de o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ter aberto investigação contra delegados da Polícia Federal pelo fato de eles terem manifestado nas redes sociais simpatia pela sua candidatura do neste pleito. Para Aécio, a ação é inadmissível e Cardozo deveria estar atento ao que acontece na Petrobrás. Ao falar sobre o escândalo na estatal, o senador Aloysio Nunes ironizou: “A casa caiu.” Agência Estado