Mais Médicos: 196 profissionais chegam a Cuba após deixar o Brasil

Após Cuba decidir deixar o programa Mais Médicos no Brasil e citar declarações ‘ameaçadoras’ do presidente eleito, Jair Bolsonaro, pelo menos 196 médicos regressaram à Havana, na madrugada de quinta-feira (15), menos de 24 horas depois do anúncio. A chegada dos profissionais foi registrada pela televisão estatal cubana. “Ratificamos a decisão de não seguir participando do programa Mais … Leia Mais


Polícia Militar mata homem suspeito de cometer 20 assassinatos em Valença

Um homem suspeito de cometer 20 assassinatos foi morto pela Polícia Militar na manhã de sexta-feira (16) na localidade do Jiquiriçá, em Valença, região do Baixo Sul do estado. Foragido da Justiça, Marcos Bonfim dos Santos, conhecido pelo apelido Marcos Capeta, foi localizado por equipes do Pelotão Especial Tático Ostensivo (Peto) Rural da 33ª Companhia … Leia Mais


Submarino implodiu no fundo do mar, diz marinha Argentina

A marinha da Argentina falou nesta sábado (17), sobre as circunstância da localização do submarino ARA San Juan, segundo as autoridades a embarcação implodiu no fundo do mar, isso devido a pressão externa superando a do navio, e está a 907 metros de profundidade, o desaparecimento do aparelho aconteceu há um ano, com 44 tripulantes … Leia Mais


PT entra com ação para anular exoneração de Moro do cargo de juiz

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara, protocolou uma ação junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pedindo a anulação a exoneração do juiz Sérgio Moro. Também assinam a petição os deputados Wadih Damous (PT-RJ) e Paulo Teixeira (PT-SP). O desembargador federal Thompson Flores, presidente do Tribunal Regional Federal … Leia Mais



Santoantoniense da entrada no HRSAJ com tiro na cabeça e não resiste aos ferimentos


Foto: Reprodução

Um jovem de 23 anos foi encontrado com um ferimento ocasionado por tiro na região da cabeça, na noite desta sexta-feira (16), na cidade de Santo Antônio de Jesus.

Segundo informações do Voz da Bahia, a vítima foi identificada por Márcio William Santos Barbosa, o caso ocorreu Rua São Francisco, Bairro São Benedito.

O jovem chegou a ser socorrido ao Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

A polícia Civil investiga o caso e não descarta a hipótese de suicídio.


Submarino argentino ARA San Juan foi localizado em área já procurada

ARA San Juan foi localizado em local de explosão.


Infográfico produzido pelo G1

O submarino argentino ARA San Juan, desaparecido há um ano, foi localizado em área já vasculhada pelas equipes de buscas durante o desaparecimento do submarino. A localização do navio deixou os familiares perplexos.

A tripulação era composta por 44 pessoas, o submarino foi localizado no Atlântico, numa profundidade de 800km, e a 600 km da cidade de Comodoro Rivadavia

O local onde a embarcação foi localizada é o mesmo onde, há um ano, autoridades identificaram uma “anomalia hidroacústica” semelhante a uma explosão.

Antes de informar o achado a toda a população, as autoridades informaram os familiares, segundo eles, foi prometido que eles serão os primeiros a ver o submarino.

Familiares serão os primeiros a ter acesso ao submarino.

As famílias da tripulação estão hospedados em Mar del Plata , onde a última quinta-feira (15), foi o ato de homenagem um ano após o desaparecimento do navio. Alguns ficaram em um hotel, enquanto outro grupo permaneceu na base naval. Eles esperam o aprofundamento das investigações: “Nós não sabiamos o lugar e agora sabemos a posição. Devemos aproveitar essa situação para continuar ainda mais com a investigação para saber o que aconteceu.” Declarou o familiar de um tripulante.


Funcionários dos Correios paralisarão atividades na segunda-feira (19)


Uma paralisação de 24h está marcada pelos funcionários dos Correios para a próxima segunda-feira (19). Os servidores protestam pelo fechamento de agências.

A paralisação foi deliberada em assem leia realizada na ultima quarta-feira (14).

“Não aceitaremos os ataques aos direitos dos Trabalhadores; não ao fechamento das agências; não a venda do nosso patrimônio, diminuição do pagamento no plano de saúde; contra a privatização das empresas públicas e estatais. Queremos os Correios 100% público e de qualidade”, afirmou o sindicato.

Ainda não foi indomado se a categoria respeitará o limite de 30% do efetivo trabalhando.


Bolsonaro desfilará em carro aberto, apesar de receio com segurança


Um coquetel de recepção no Itamaraty e não um banquete, além de desfile em carro aberto, com a primeira dama Michelle, no tradicional Rolls Royce, são algumas definições tomadas na última semana para a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro, em 1º de janeiro. Só a chuva, comum nessa data em Brasília, poderá mudar esses planos. Também foi retirada da programação a cerimônia ecumênica, que inicialmente surgiu entre as possibilidades.

Pelo roteiro desenhado para a posse, o futuro vice-presidente da República, general Hamilton Mourão e a mulher Paula Mourão também farão em carro conversível o percurso entre a Catedral e o Congresso onde, na primeira parte da cerimônia, serão empossados e, depois, do Congresso ao Palácio do Planalto. Só a última etapa, do Planalto ao Itamaraty, deverá ser feita em carro fechado.

Apesar de não fazer parte do protocolo da posse, definido em decreto de 1972, a realização de uma cerimônia religiosa ecumênica chegou a ser discutida, mas nas últimas semanas foi descartada pela condição de saúde do presidente eleito.

Na data da posse, Bolsonaro estará se recuperando da cirurgia que fará para a retirada da bolsa de colostomia, colocada na área externa do abdômen. A expectativa é de que a operação ocorra 15 dias antes da posse e, por isso, ele estará se recuperando. Caso a retirada da bolsa não seja possível, os cuidados com o presidente eleito terão que ser ainda maiores.

Segurança -Apesar da preocupação extrema com a segurança de Bolsonaro, ele tem dado sinais de querer estar próximo de populares. Prova disso foi a mudança de planos na primeira solenidade que participou depois de eleito, a comemoração dos 30 anos da Constituição Federal, no Congresso Nacional. Na ocasião, a segurança estava toda preparada para que ele deixasse o plenário da Câmara por uma saída alternativa, mas ele preferiu sair pelo Salão Verde, onde acenou para servidores e colegas parlamentares.

Na última semana, ao visitar o Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Superior Tribunal Militar (STM), Bolsonaro parou para cumprimentar e tirar fotos com servidores que o aguardavam. Nos últimos dias, no Rio de Janeiro, o presidente eleito deixou o condomínio onde mora para ir a um caixa eletrônico sacar dinheiro.

Curiosos

Quem quiser assistir ao evento de perto deverá ter uma vista mais privilegiada do presidente eleito da Praça dos Três Poderes, em frente ao Palácio do Planalto. De lá, eleitores e simpatizantes de Bolsonaro poderão assistir à transmissão de faixa e ao discurso que ele fará no Parlatório.

Ainda no Palácio do Planalto, a parte restrita será o “beija mão”, quando presidente, vice-presidente e suas respectivas esposas recebem os cumprimentos de autoridades nacionais e internacionais. Ainda na sede do Executivo, Bolsonaro dará posse aos seus ministros.

Quem optar por ficar na Esplanada dos Ministérios, além da apresentação da Esquadrilha da Fumaça terá que se contentar em ver Bolsonaro rapidamente passando de carro, já que ali a concentração de populares ficará restrita ao imenso gramado atrás da chamada Praça das Bandeiras até a Catedral, sem sistema de som ou telões.

A exemplo do que é feito quando há manifestações na Esplanada, a população será revistada pela Polícia Militar e objetos como mastros de bandeiras, máscaras, armas, objetos perfurocortantes, explosivos, fogos de artifício, entre outros, serão apreendidos.

Chefes de estado

Na complexidade da organização de uma posse presidencial, alguns detalhes anunciados essa semana, como a definição do diplomata Ernesto Araújo como futuro ministro das Relações Exteriores, são fundamentais para os próximos passos do evento.

“É a partir de uma conversa com ele que serão definidos que chefes de estado serão convidados para a posse”, disse uma fonte. Tradicionalmente, os líderes dos países que têm relações diplomáticas com o Brasil são convidados, mas diante de recentes manifestações de Bolsonaro, há dúvidas se líderes como Nicolás Maduro (Venezuela) e Evo Morales (Bolívia), por exemplo, seriam convidados.

O professor Alcides Costa Vaz, do Instituto de Relações Institucionais da Universidade de Brasília, avalia que as divergências ideológicas não devem se sobrepor à gentileza de envio de um convite, por exemplo. “A diplomacia vive de sinais. Não enviar convite seria um sinal de há um problema, um desconforto, algo grave de desentendimento instalado.”

Para o professor, essa possibilidade é algo a ser evitado, pois como “dono da festa” o presidente eleito tem essa prerrogativa, mesmo que, na prática, isso possa ser um grande constrangimento.

Agência Brasil


Bolsonaro recebe elogio do governo dos Estados Unidos após críticas ao Mais Médicos


O Brasil recebeu um elogio do governo dos Estados Unidos após falas críticas do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) ao programa Mais Médicos.

A declaração do capitão reformado, que condicionou a permanência dos profissionais cubanos no programa à revalidação do diploma, levou ao anúncio por parte do governo de Cuba da retirada dos médicos do país.

“Que bom ver o presidente eleito Bolsonaro insistir em que os médicos cubanos no Brasil recebam seu justo salário ao invés de deixar que Cuba leve a maior parte para os cofres do regime”, escreveu no Twitter Kimberly Breier, a principal funcionária do Departamento de Estado para a América Latina.