Secretaria da Educação do Estado disponibiliza mais de 6,5 mil conteúdos digitais que auxiliam na preparação para o ENEM

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) disponibiliza mais de 6,5 mil conteúdos digitais educacionais no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). São games, vídeos, jogos, dentre outros conteúdos educacionais pensados e elaborados por professores da rede estadual de ensino, na perspectiva de dinamizar as aulas. Além disso, os conteúdos contribuem para a preparação dos estudantes … Leia Mais


Facções usam redes sociais para divulgar torturas na Bahia

Não basta ameaçar, humilhar, espancar, torturar e até matar. A barbárie tem que ser filmada e lançada nas redes sociais por traficantes que atuam em todo o estado. Os vídeos são as armas do mundo virtual usadas para aumentar a reputação da facção sobre os rivais e promover o terror nas comunidades dominadas. O CORREIO teve … Leia Mais





Esquema de compra de diplomas descoberto na Bahia e outros sete estados


Dvulgação/MPES

Investigações do Ministério Público Estadual do Espírito Santo (MPES), através das Operações Mestre Oculto, Estória e Viúva Negra apontam que trinta e uma prefeituras do estado podem ter contratado professores que compraram diplomas. Indícios apontam ainda que o esquema funcione também em outros sete estados: Bahia, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Tocantins, Roraima e Amapá.

Mais de 4 mil suspeitos de participação na fraude já foram identificados, segundo o G1. Os casos começaram a ser identificados em 2018, no município de Rio Bananal, Norte do Espírito Santo, e foram encaminhados ao MPES, que deu início às investigações.

Um total de treze pessoas já foram presas no Espírito Santo, seis institutos de ensino foram fechados e funcionários de duas faculdades do Norte do Estado foram denunciados, mas a investigação encontrou ainda diplomas de faculdades dos sete estados citados.  As investigações continuam.

Na sede de um instituto de ensino, no Norte do Espírito Santo, o Ministério Público apreendeu diplomas em branco assinados por diretores de faculdades e selos de autenticação dos documentos.

Para os promotores, são provas do esquema criminoso.  “Pelo de pós-graduação, o instituto cobrava do aluno em torno de R$ 900 a R$ 1200 e passava para a faculdade em torno de R$ 250, R$ 350. O diploma de segunda graduação do magistério, os institutos cobravam de R$ 5 mil a R$ 6 mil e pagavam até R$ 2 mil para a faculdade”, explicou o promotor de Justiça Adriani Ozório do Nascimento.

No esquema, aulas presenciais são registradas em instituições, mas os alunos não as frequentaram ou elas não existiram.  Em um vídeo de depoimento divulgado pelo Ministério Público, uma mulher identificada como Maria das Graças Gava mostra diplomas que possui, mas conta que não foi às aulas. Em alguns casos, ela conta que mandou resenhas.

No depoimento, Maria das Graças contou que trabalhou para que outras pessoas também conseguissem documentos dessa forma. Ela era sócia de um instituto de ensino. Maria das Graças Gava chegou a ser presa e responde em liberdade no processo de falsidade ideológica.

*BNews


Bahia: mais de 82 mil trabalhadores ainda não sacaram o Abono Salarial ano-base 2017

Prazo para retirar o dinheiro termina em 28 de junho; valor disponível para saque no estado chega a R$ 50,84 milhões


Os trabalhadores que ainda não sacaram o Abono Salarial ano-base 2017 têm até o dia 28 de junho para procurar uma agência bancária e retirar o dinheiro. Na Bahia, 82.362 pessoas com direito ao benefício ainda não resgataram o recurso. O valor disponível para saque chega a R$ 50,84 milhões (veja tabela abaixo).

O Abono Salarial ano-base 2017 começou a ser pago em 26 de julho de 2018. Desde então, já foram pagos 861.981 trabalhadores no estado, o que representa 91,28% do total. Os valores sacados até 8 de maio (última atualização) somam R$ 661,69 milhões. Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro na Caixa. Para os funcionários públicos (Pasep), a referência é o Banco do Brasil.

 

Tem direito ao abono salarial calendário 2018/2019 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2017 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Além disso, é preciso que os dados do trabalhador tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

 

O valor a que cada pessoa tem direito é proporcional ao tempo trabalhado formalmente no ano-base. Quem esteve empregado por todo o ano recebe o equivalente a um salário mínimo (R$ 998); quem trabalhou por apenas 30 dias pode sacar o valor mínimo, que é de R$ 84 – o equivalente a 1/12 do salário mínimo.

UF

Trabalhadores com Direito ao Benefício

Valor Total Pago

Benefícios não pagos

Valores disponíveis para Saque (R$)

Identificados

Pagos

Taxa Cobertura

(R$)

NORTE

3.402.327

3.138.303

92,24%

2.460.559.734,30

264.024

178.940.912,19

AC

64.890

60.526

93,27%

47.571.861,70

4.364

2.744.644,96

AM

327.547

297.182

90,73%

227.691.256,84

30.365

20.632.451,06

AP

290.712

266.127

91,54%

202.765.961,20

24.585

17.019.357,40

PA

154.434

136.729

88,54%

116.182.859,30

17.705

12.244.986,83

RO

1.260.595

1.192.710

94,61%

937.498.946,84

67.885

44.818.244,47

RR

870.518

815.340

93,66%

640.263.977,94

55.178

34.972.892,52

TO

433.631

369.689

85,25%

288.584.870,48

63.942

46.508.334,95

NORDESTE

7.318.791

6.676.717

91,23%

5.181.593.080,46

642.074

420.956.353,37            

AL

518.744

474.976

91,56%

371.579.065,12

43.768

28.984.523,29

BA

944.343

861.981

91,28%

661.693.929,64

82.362

50.849.286,97

CE

474.287

434.007

91,51%

347.275.641,76

40.280

27.041.425,60

MA

2.671.285

2.425.764

90,81%

1.867.239.522,36

245.521

166.287.715,24

PB

389.979

353.107

90,55%

271.310.655,20

36.872

22.781.118,84

PE

463.062

408.631

88,25%

310.497.205,84

54.431

33.388.136,51

PI

532.056

477.884

89,82%

373.905.301,96

54.172

34.764.004,88

RN

376.120

353.973

94,11%

284.655.013,66

22.147

15.158.117,13

SE

948.915

886.394

93,41%

693.436.744,92

62.521

41.702.024,92

CENTRO-OESTE

4.204.770

3.779.645

89,89%

2.896.524.776,60

425.125

276.675.107,79

DF

255.888

236.786

92,54%

183.842.578,56

19.102

14.257.060,51

GO

1.591.159

1.420.487

89,27%

1.077.211.558,96

170.672

110.152.117,50

MT

365.550

341.402

93,39%

270.327.029,56

24.148

15.763.506,36

MS

1.992.173

1.780.970

89,40%

1.365.143.609,52

211.203

136.502.423,43

SUDESTE

3.392.627

3.014.653

88,86%

2.337.902.953,52

377.974

247.082.767,66

ES

207.684

187.625

90,34%

144.748.554,80

20.059

13.274.954,74

MG

331.996

297.257

89,54%

260.761.315,40

34.739

24.587.113,67

RJ

1.543.632

1.370.972

88,81%

1.035.510.782,00

172.660

112.914.785,81

SP

1.309.315

1.158.799

88,50%

896.882.301,32

150.516

96.305.913,45

SUL

6.308.921

5.680.419

90,04%

4.293.422.451,37

628.502

410.050.992,48

PR

289.381

264.129

91,27%

213.622.223,68

25.252

17.362.734,53

RS

5.853.650

5.269.509

90,02%

3.965.900.847,81

584.141

380.260.008,43

SC

165.890

146.781

88,48%

113.899.379,88

19.109

12.428.249,53

TOTAL BRASIL

24.627.436

22.289.737

90,51%

17.170.002.996,25

2.337.699

1.533.706.133,51


Previsão de recuperação da “gordinha” Mariana é de dez dias


Gordinhas de Ondina_Foto_Jefferson Peixoto_Secom_Pms

A equipe da Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop) começou hoje (10) os preparativos iniciais para fazer o reforço da estrutura da estátua Mariana, que integra o conjunto Meninas do Brasil, conhecido como “As Gordinhas de Ondina”, localizado na Praça Eliana Kértesz. A escultura tombou hoje (10) em função da oxidação da base de ferro.

A estátua foi envolvida em um plástico-bolha e cercada com tapume. Na segunda (13), Mariana será deslocada para uma área vizinha, sendo deitada em uma espécie de berço de areia para o início dos reparos da base da estrutura. Os trabalhos devem ser concluídos em até 10 dias.

 

Como Mariana sofreu arranhões com a queda, a Fundação Gregório de Mattos (FGM) também irá fazer restauros na peça que, assim como Catarina e Damiana, integram o conjunto das “gordinhas”, de autoria da artista plástica Eliana Kértesz.

 

Já que Damiana precisou ser retirada do local para obras de drenagem durante a primeira etapa da requalificação da orla de Ondina, ela está com a estrutura de base intacta e sem necessidade de reparos. Já em relação à Catarina, técnicos da FGM e da Sucop irão fazer uma avaliação da estrutura de ferro que sustenta a estátua.

 

Todo o monumento das “Gordinhas” já havia sido restaurado esteticamente pela FGM em outubro de 2018, em função do desgaste provocado pelo tempo e também pelo vandalismo. Mas não foram feitas intervenções na base estrutural.

 

Vale frisar que “As Gordinhas de Ondina” também irão ganhar uma praça requalificada, já que o espaço está dentro da segunda etapa do projeto de revitalização da orla do bairro, que já teve início e se estende por 1,2km em direção à Praça Orugan.


Sífilis segue avançando na Bahia, aumento é 135% em quatro anos


Os casos de sífilis aumentaram em mais de 135% nos últimos quatro anos na Bahia. Os dados são da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), que detalhou ainda que os mais afetados pela doença são os homens jovens.

A sífilis é transmitida principalmente através da relação sexual sem proteção. Essa forma de contágio – chamada de sífilis adquirida – cresceu em 135,75%. Em 2018, foram 8.124 pessoas diagnosticadas com a doença por este meio. Em 2014, o número era de 3.446 casos.

O contágio também pode ser por transfusão ou contato direto com sangue contaminado, ou ainda passada da mãe para o feto – chamada sífilis congênita. Esses casos tiveram aumento de 145,41%, um número de mais de 15 mil registros nos últimos seis anos.

Quando não é tratada precocemente, a sífilis pode comprometer vários órgãos como o cérebro, coração, olhos, pele e ossos. No caso das grávidas, a doença pode causar complicações como parto prematuro, má formação do feto e até mesmo provocar a morte do bebê.

Um adolescente de 17 anos, que não quis se identificar recebeu o diagnóstico da doença no ano passado. “Foi uma bomba porque ninguém espera isso. Ainda mais que, quando você vai ter relações sem preservativos, você tem noção do risco que você tá correndo. Mas assim mesmo você não espera”, disse ele.

Leia também

Alerta: aumenta casos de sífilis no Brasil

Sífilis entre adultos cresce 603% em seis anos

Sífilis está de volta com grande impacto, agora na versão Epidemia

Mais de 50% dos casos foram homens jovens com idades entre 20 e 29 anos. Um homem de 26 anos, que também não quis revelar a identidade, também contraiu a doença. Ele decidiu fazer o teste de detecção da sífilis há um mês, quando soube que o companheiro estava infectado.

Ele começou a fazer o tratamento e sabe que da importância de passar a usar o preservativo. “O recado que eu deixo para esses jovens é que por mais que seja uma relação de confiança, de fidelidade, que não se permita transar sem camisinha. Principalmente com desconhecidos”, alertou.

A médica infectologista Leila Azevedo explica que a doença é de rápida identificação e fácil tratamento.

“A sífilis, tanto na gestação quanto fora da gestação, é uma doença de fácil tratamento. A gente só precisa chegar ao diagnóstico, que é simples. Hoje a gente tem testes rápidos, que rapidamente a gente dá o diagnóstico de sífilis, que pode ser feito nos postos de saúde ou nos centros de referência”, pontuou.

G1-BA

 


Ônibus da Camurujipe tomba na BR-116


Um acidente foi registrado na terça-feira (07), com ônibus da empresa Camurujipe de placa NYJ-8953 que tombou e deixando passageiros feridos. De acordo com a informações, o acidente ocorreu, no km-479 da BR-116 Sul, próximo ao povoado da Cabeça da Vaca no município de Santo Estêvão.

O motorista e os passageiros com identidades ignoradas foram socorridos por ambulância da Via Bahia, que foram conduzidas para o hospital local da Região. Até o fechamento da matéria não há informações sobre o estado de saúde deles. Bahia10